Portugueses criam vinho em copo para ser consumido em qualquer lugar

Que tal tomar vinho na praia, em um piquenique ou num show ao ar livre sem precisar de saca-rolhas, taças e ainda transportar garrafas? Pensando nessa comodidade, os portugueses José Maria Alves, Pedro Ramalho e Carlos Leitão criaram o Split Wine, um vinho comercializado em um copo reciclável, com conteúdo de 187ml.   

A bebida é elaborada em Portugal, nas regiões de Lisboa, Douro e Península de Setúbal e está disponível nas seguintes versões:  

CABERNET SAUVIGNON – Produzido na Península de Setúbal pela Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões, pelo enólogo Jaime Quendera, com uvas Cabernet Sauvignon.  

CHARDONNAY – Feito com uvas Chardonnay, na região de Lisboa, pelo enólogo Álvaro vanZeller.  

ROSÉ – Elaborado na região de Lisboa com as uvas Touriga Nacional Aragonês e Castelão, pelo enólogo Álvaro vanZeller.  

BRANCO BLEND – Elaborado na Península de Setúbal pela Cooperativa
Agrícola de Santo Isidro de Pegões, pelo enólogo Jaime Quendera, com uvas Fernão Pires, Arinto e Moscatel.  

TINTO DO DOURO – Feito no Douro pelo enólogo Álvaro vanZeller com uvas Touriga Nacional.  

Em relação à conservação e qualidade do produto, o empresário Carlos Leitão explica que o maior segredo desta tecnologia é que ela permite que o recipiente seja enchido numa atmosfera inerte, garantindo baixos níveis de oxigênio no copo. “Possibilitando, dessa forma, que o vinho se conserve em boas condições por um período considerável de tempo”, observa ele.  

O Split Wine vem sendo comercializado desde o ano passado e já conquistou os mercados dos Estados Unidos, China, Países Nórdicos, Polônia e Países Bálticos. Em apenas três meses, a empresa faturou 25 mil euros. Por enquanto, ainda não está à venda no Brasil.  

Saiba mais: www.splitwine.com.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *