1001 vinhos para beber antes de morrer

Uma das maiores surpresas em termos de literatura sobre vinhos que tive nos últimos tempos foi a publicação “1001 vinhos para beber antes de morrer”. Tendo como editor geral Neil Beckett e um belíssimo prefácio elaborado pelo autor de várias obras sobre vinhos, Hugh Johnson, o livro é feito para se degustar aos poucos, devido à sua complexidade de informações, imagens e surpresas.

Com 960 páginas e lindas ilustrações, “1001 vinhos para beber antes de morrer” é uma verdadeira bíblia de vinhos, diferentemente do livro da mesma série, “1001 lugares para conhecer antes de morrer”, que é cansativo, chato de ler e com pouco apelo visual (é em preto e branco e tem poucas ilustrações).

Nas páginas de “1001 vinhos para beber antes de morrer”, o leitor vai se deparar com rótulos de produtores consagrados, como Don Pérignon, Château Margaux, Domaine de la Romanée Conti, Achával Ferrer, Antinori e Casa Ferreirinha. O livro também dá espaço a produtores mais novos e alguns não tão conhecidos. São citados vários vinhos do Novo Mundo, incluindo países como Chile, Argentina,Uruguai, Nova Zelândia, Austrália, África do Sul e Estados Unidos. Mas, infelizmente, nenhum do Brasil.

Além de um pequeno histórico sobre cada vinho citado e seu produtor, a publicação traz as faixas de preço e os tempos de guarda. O livro também tem um ótimo custo-benefício. No Submarino está custando R$ 35,80.

Já tive a oportunidade de provar alguns dos rótulos citados no livro, não exatamente da mesma safra. A vontade que dá é viver bem muito para provar todos, ou quase todos. Para isso, saúde (e grana)!

You Might Also Like

One Reply to “1001 vinhos para beber antes de morrer”

  1. Os vinhos do Novo Mundo são muito bons também, de ótima qualidade. A Wine.com.br tem vinhos de diversos países, incluindo os do Novo Mundo como Chile, Argentina, Uruguai, Nova Zelândia, Austrália e África do Sul. Já conhece a Wine? Dê uma olhada lá. Além desses vinhos temos também os mais clássicos e tradicionais a preços muito bons!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *