No calor do Nordeste, como conservar?

No período de um ano, no clima do nosso Nordeste, um vinho envelhece como se estivesse guardado três anos na adega. Portanto, não é interessante deixar tanto tempo um vinho armazenado em condições não ideais.

Para quem não possui adega climatizada é importante procurar guardar os vinhos em local com pouca luz, seco e, se possível, sem vibração. Outro detalhe importante é manter as garrafas deitadas para evitar o ressecamento das rolhas, o que pode permitir a entrada de oxigênio, danificando o vinho.

E na hora de servir? Muita gente coloca o vinho no freezer para que ele chegue rapidamente na temperaura ideal, mas isso não é muito legal. O ideal é abrir o vinho em temperatura natural e mergulhá-lo em um balde de gelo, deixando-o por dez minutos. Quem usa essa técnica é o jornalista e comentarista de vinhos Renato Machado. Ele vai além da minha dica e ainda recomenda: “Sugiro que, depois de dez minutos, o anfitrião derrube o gargalo no próprio copo e volte a garrafa para o balde, esperando mais um ou dois minutos, para depois começar a servir. O vinho está na temperatura”. Taí uma técnica legal.

You Might Also Like

One Reply to “No calor do Nordeste, como conservar?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *